Quero dizer, acredita. Tanto que continua lendo o post, né? É isso que um redator tem que fazer todos os dias: organizar as palavras de uma forma que a atenção do público seja retida e a informação ali presente fique com o leitor para um ato posterior. Já imaginou o que você vai encontrar nos parágrafos a seguir? Vem comigo.

Antes mesmo da minha especialidade tomar-se glamour no meio publicitário, a redação era ferramenta imprescindível de comunicação. Vale a menção: a maioria das grandes agências nascidas até a década de 90 são de redatores. Através dela é que toda a base dos meios que utilizamos hoje permanece centrada, de apresentadores de jornal que ainda dependem de uma bancada para passar seriedade até aquele retângulo de plástico que está diante de vc no computador, ou a tela de proporção mais estreita no dispositivo móvel.

Escrever é a arte de cortar palavras. De quem é a frase?

Qualquer natureza de discurso, quando formalizado, ganha um peso muito maior. Ficamos com uma prova do que nos foi comunicado, e nos sentimos seguros quando podemos consultar aquela informação. Aliás a informação hoje é o produto mais valioso do mundo. Google e Facebook não são gigantes (e possuem valores de mercado surreais), vivem comprando pequenas empresas e cercando-se de recursos que absorvam mais do que podemos fazer online à toa. Entenderam que tudo que fazemos pode ser usado por ou contra nós de alguma forma, e se essa forma puder transformar-se em sinônimo de publicidade, melhor ainda.

facebook, 6 anos atrás.
há 5 anos…
… no ar deste jeito até o começo de 2014…
E assim desde 2014. A cada redesign, a area de anúncios do facebook (canto direito) cresceu. É de graça mesmo? Fontes: Tecnoblog e Olhar Digital

Escrever bem não é apenas qualidade social para auto promoção.  É base de uma cultura sólida e que é capaz de evoluir sem perder sua essência. Contudo, não entenda a boa escrita como apenas o acerto 11/10 das palavras e das flexões exatas de tempo verbal em frases que passeiam aqui e ali num discurso. Boa escrita é a capacidade de deixar uma mensagem clara com a menor (ou mais sensata) quantidade de palavras possível.

É notória e universal a preguiça em escrever corretamente, ao contrário do que os reis das placas do braziu costumam exaltar. Por isso não me admiro com o volume de erros praticados, mas sim com a incapacidade de pensar em usar uma ferramenta tão imprescindível do nosso dia-a-dia de um jeito melhor. Acaba virando motivo de chacota tanto o analfabetismo funcional que assola nossas timelines, quanto a escrita relativamente correta. E esquecemos que, como qualquer exercício, quanto mais se pratica, melhor se faz. Mas quem pratica o uso desconexo ou incompreensível das palavras está melhorando o que? Uma flexão natural da língua (e da linguagem), ou a ampliação da distância entre a qualidade do ensino e a capacidade de prática do mesmo?

Afinal, apesar de não possuirmos formalmente a profissão de redatores, somos todos um pouco. E o tamanho deste pouco jamais pode ser desculpa para que as palavras não sejam organizadas de uma forma que a atenção do receptor seja retida e a informação ali presente fique com ele para um ato posterior. Ou o que vale é escrever de qualquer jeito e o resto que seja o resto?

[♫] “there may come a time, you just can’t seem to find your place

for every door you walk on to, seems like they get slammed in your face…” Let it be me, Ray LaMontagne.

One thought on “Você não acredita no que uma frase de efeito é capaz de fazer!

  1. Oi, Tony!
    Não sei como é ser um redador de publicidade, mas imagino que a meta seja sempre prender a atenção do público de imediato, principalmente por causa do volume de informações que os olhos captam – Uma frase de efeito ou até mesmo alguma coisa clichê que não exige esforço da mente… Muitas vezes o título chama a atenção, daí você vai ler o texto e perde o interesse. O título é importante como chamariz, mas depois fica a forma da escrita e por isso quem escreve precisa ler muito e entender de assuntos que vão além da sua especialidade. Se a pessoa leu o texto até o final, meio produto foi vendido!
    Beijus,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *