O jeito compenetrado e a mão segurando com três dedos o seu rosto acusam: ela olhava pras palavras, mas não lia o livro a sua frente.

E quando mirou seus olhos, foi direta:

– o que foi?

– desculpe, me distraí.

– com o que?

– em sua beleza.

– ate parece…

– antes só parecesse. Estou distraído… Me ensina a continuar prestando atenção só em você?

– sou difícil de lidar…

– desafios me motivam.

Marcaram uma próxima distração para um café numa quinta de outono qualquer. Ele nunca mais prestou atenção em outros olhos. Ela não sabe mais se era realmente difícil ou se é ao lado dele que tudo, até a si, fica mais simples de viver. E nem quer saber… enfim estão realmente ocupados.

[♫] ”But if you don’t try / the light won’t hit your eye…” – The Story, Norah Jones.

3 thoughts on “Uma nova ocupação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *