Covers e versões!

Certas letras e melodias encantam tanto, que mais alguém sempre toma coragem para testar como determinadas músicas ficariam com o seu estilo (ou para aproveitar a crista da onda / o poder do autor original para ganhar uma grana junto). Não chego a dizer que sou contra, pois sempre que vi alguém reclamando de versões, acompanhava uma aversão específica ao interprete, seja da original, seja da versão. É sempre questão de gosto, então tão, cada um com os seus. Aliás, sobre “versões traduzidas” até já escrevi e separei algumas coisas em outra oportunidade. Hoje tem mais um apanhado (primeira gravação, depois os covers)… vem comigo:

[]  E precisa mais hoje?. Para ouvir + no play de cá, siga por aqui :)

3 thoughts on “No play de cá #12

  1. Que o artista não invente muito e estrague o original, vide Maria Gadu no “Projeto Banco do Brasil Covers” em que faz cover de Cazuza. Os covers que mais gosto são de artistas da Motown cantando Beatles e Strawberry Fields apresentado por Bob Belden.
    Caramba… Whitney nunca deveria morrer!
    *Te vi citado na Denise Rangel :D Acho que você não viu…
    Beijus,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *