apenas não escrevia aqui. Mas todos os dias tem algum texto pra digitar. Muitos e-mails, 12 spots de rádio por semana, conversas mais simples e comentários mais compridos em pequenos ambientes das redes sociais. A cabeça vai ficando cheia de coisas vazias, e as coisas que nos [pre]enche, são comprimidas naqueles momentos de respirar fundo e não esquecer que a vida é boa, é muito melhor quando mantem-se simples, e que nada é mais valioso do que sentir-se com o dever cumprido.

Eu, assim como você que está lendo agora, seguimos em busca de alguma coisa. Melhor exercício de nossas escolhas, melhores condições sociais, melhores pessoas para conviver, tornarmos pessoas melhores… boa parte do “foco que sobra”, ando direcionando em deixar a vida “menor”. Já não sou de acumular coisas, e sigo reduzindo cada vez mais o que tenho e uso no dia a dia, por um princípio muito simples: bem conversadinho, só utilizamos de fato 20% de tudo que temos. Mais do que sinal de que temos coisas em demasia, é um jeito de usar melhor aquilo que realmente consumimos. É um jeito melhor de aproveitar a vida que escolhi ter. É ganhar tempo pra fazer coisas que são necessárias, e as coisas que gosto. É mudar o foco para nunca ter receio ou vergonha de, quando houver a necessidade de fazer qualquer tipo de aquisição, mais que comprar aquilo que é preciso, comprar [d]o melhor que existe para tal. É nunca direcionar uma proposta de vida para parecer.

E, construir uma versão melhor de nós mesmos, para que a vida seja um exercício constante de prosperidade real: amar aqueles que estão próximos, respeitar todos os que não são e não estão, perdoar de verdade aqueles que nos magoam, manter distância real e absoluta de todas as coisas e pessoas que não nos fazem bem, ser uma pessoa digna e honrada, capaz de realizar seus sonhos de toda natureza, e passar por esta jornada como um período de evolução suficientemente bom para si e os que estiverem ao redor. E seguir fazendo com que o resto seja só o resto.

[♫] Mundo Livre FM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *